? Golpes de Quadril: Harai Goshi, Hane Goshi e outros | Centro de Treinamento de Judo Jacaré - CTJ

Golpes de Quadril: Harai Goshi, Hane Goshi e outros

Categorias: Jiu-Jitsu , Judô , Técnicas , Vídeos 6 comentário(s)

O vídeo abaixo é um vídeo instruncional com alguns golpes de quadril (koshi-waza) bastante eficientes em campeonatos.

Algumas das técnicas são bastante semelhantes, como o Harai Goshi e o Hane Goshi, e como o Utsuri Goshi e o Ushiro Goshi. o vídeo mostra as diferenças.

Mas antes de ver o vídeo, vamos entender um pouco mais sobre estes golpes:

  • Ilustração de um Harai-Goshi

    Ilustração de um Harai-Goshi

    Harai Goshi – Significa “varrendo com o quadril”. “Harai” é o termo em japonês para “varrer” e “Goshi” (ou “koshi“) é o termo em japonês para quadril. O Harai Goshi é uma técnica onde o tori (quem aplica o golpe) eleva o uke (aquele que recebe o golpe) e após elevá-lo, o derruba varrendo-o do chão com uma de suas pernas. É um golpe de quadril (koshi waza) porque o quadril ajuda o tori a elevar o uke, permitindo que o mesmo fique vulnerável à varredura.

  • Hane Goshi – Significa “brotando do quadril” ou “elevando com o quadril”. É uma técnica onde todo o movimento surge no quadril, que joga o oponente para cima, como se fosse um coice. A perna é um elemento secundário desta técnica, que auxilia o quadril a jogar o oponente para cima. Se parece muito com o Harai Goshi porque a perna parece que está varrendo, mas no Harai Goshi a perna varre por fora do oponente, e no Hane Goshi, a perna se posiciona por dentro do oponente, auxiliando o quadril a eleva-lo neste coice.
  • Hane Goshi sendo demonstrado

    Hane Goshi sendo demonstrado

    Utsuri Goshi – Significa “trocando o quadril”. É uma técnica de contra-ataque (Gaeshi Waza), onde o tori, ao receber um golpe. joga o uke para cima e “troca” o quadril, passando-o na frente do uke e derrubando-o. É uma técnica difícil por exigir bastante força, mas quem consegue aplica-la se torna um oponente difícil para pessoas que gostam de aplicar técnicas de quadril.

  • Ushiro Goshi - Significa “parte de trás do quadril”. É também uma técnica de contra-ataque (Gaeshi Waza), onde o tori, ao receber um golpe, joga o uke para cima com o auxílio do seu quadril, dando uma “barrigada” e deixando-o cair de costas.
  • Daki Age – Significa “segurando e levantando”. Esta técnica é conhecida no jiu-jistu como “bate-estaca”. É uma técnica bastante eficiente, pois normalmente, quando o uke pula na guarda do tori com este em pé, fica com as coisas vulneráveis para a aplicação desta técnica. Por ser uma técnica forte, se tornou proibida nas competições.

Conhecendo um pouco sobre cada uma das técnicas, vamos agora assistir ao vídeo abaixo, que mostra detalhadamente como cada uma delas é aplicada, algumas variações e dicas interessantes para um bom atleta de Judô e de Jiu-Jitsu:

Lembrando: somente treine estas técnicas sob a supervisão do seu professor ou mestre. Não tente aplicar esta técnica fora do ambiente de treino.

Gostou? Compartilhe!

Escrito por CTJ 6 comentário(s)
Tags : , , ,

6 Comentário(s)


Comentários
#1 Eugenio :

Mais uma vez PARABÉNS!!!!!!!

Seu conhecimento e disposição para tornar o Site do CTJ a maior biblioteca do Caminho Suave esta fazendo efeito.
As explicações e as técnicas demonstradas nos vídeos são simplesmente espetaculares, prova mais uma vez que Judô não é apenas uma arte que aprendemos, com nosso Mestre Tiago Jacaré mais estudando e consultando nosso site.

Muito obrigado

#2 Guilherme Hupsel :

Parabéns ao Sensei Jacaré e ao pesquisador Felipe. Certamente o site do CTJ já é uma grande referência na busca de informações, história, técnicas, etc. Cabe a nós, da família CTJ, divulgá-lo cada vez mais.
Arigatô !

#3 Junior :

Perfeito !!!!
Parabéns Felipão !!!

Abraços,

JUNIOR

#4 Clcka so :

ESpeiro que venha mais

#5 geisa :

gostei

#6 geisa :

adoro judo

Deixe um comentário

Nome

E-mail

Website

Postagem Anterior
«
Próxima Postagem
»


© 2009 - 2014 Centro de Treinamento de Judo Jacaré – CTJ - Salvador - Bahia - Brasil